O maravilhoso mundo dos Vocaloids

Se você acha que Vocaloid é uma boneca 3D com longas marias-chiquinhas azuis que canta e dança, está enganado. Os shows são apenas uma pequena parte do fenômeno.

TODOS os Vocaloids existentes até agora. Autor: Kaisuki

Vocaloid é um programa sintetizador vocal lançado pela Yamaha em 2004. O produto é basicamente um banco de voz que, uma vez acessado pelo software já instalado, é controlado por sílabas, fazendo com que o programa “cante”. O primeiro banco de voz lançado foi Leon, depois Lola e Miriam, todos com suporte para inglês. A primeira Vocaloid japonesa foi Meiko e o segundo Kaito. A fama veio, porém com Hatsune Miku em 2007, da série V2, visivelmente mais humana e compreensível que seus antecessores. Ela é até hoje o personagem mais popular. Depois do sucesso de Miku anunciaram-se mais personagens, além da entrada de novas empresas no ramo. No final de 2011foi lançada a série V3. Se Miku parecia para muitos puro auto-tune, a série V3 veio pra mostrar que eles estão mais humanos do que nunca

Claro que tentar explicar o por que do sucesso dos sintetizadores é impossível sem citar também o site Nico Nico Douga. Quem já ouviu falar dele provavelmente o viu caracterizado como “o Youtube japonês”. Uma grande quantidade de vídeos de Vocaloid é enviada para ele todos os dias, alguns feitos por amadores, que ganham reconhecimento na vitrine que é a internet. Outros por profissionais, já conhecidos, que trazem consigo um público que já os acompanhava. Tem muita gente de talento no meio, não apenas músicos, mas também desenhistas, animadores, escritores, cantores. Esses cantores amadores também fazem upload de seus covers de músicas de Miku e outros. Provavelmente o mais bem sucedido deles seja Piko (ouピω゚コ, esse é o nome artístico dele, sério), que tem até seu próprio Vocaloid. É exatamente o caminho inverso do que aconteceu no início dos sintetizadores (e você provavelmente já ouviu essa música, um dos covers mais famosos).

Dentre os milhares de merchandisings da marca estão jogos, feiras ondes os produtores vendem seus CD’s, figures, mangás e… os shows. O primeiro que utilizou a tecnologia de projeção 3D numa tela quase transparente (aquela que você viu no Fantástico) foi em 2009. Em 2011 o Mikupa Live in Sapporo foi exibido em cinemas de vários países, inclusive no Brasil, em São Paulo.

Até agora já existem mais de 36 bancos de voz lançados, contando com os Appends (espécie de upgrade em um banco de voz já existente, que adiciona mais variações de suavidade, por exemplo) e mais 6 anunciados. É com certeza uma onda não terá fim nas próximas décadas.

Para terminar, um ótimo vídeo de uma das minhas produtoras favoritas:

Um Comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s