Kyary Pamyu Pamyu – O Império do WTF contra-ataca.

Por José Augusto Neto

Kyary nasceu Kiriko Takemura, mas assumiu a identidade quase mitológica de Caroline Charonplop Kyary Pamyu Pamyu mais conhecida como Kyary Pamyu Pamyu.

Kyary começou sua carreira como blogueira de moda quando em 2009 foi fotografada por um Trend Hunter da revista KERA onde se tornou um fenômeno entre leitores e posteriormente uma modelo recorrente da publicação.

Capa mais recente de Kyary na revista KERA, publicação voltada para a juventude punk frequentadora das avenidas do bairro Harakuju.

Em 2010 , ainda como estudante de ensino médio, dá seu primeiro passo na carreira musical assinando com a Avex Trax com o nome de Kyary e lançando  o single “Miracle Orange” para o projeto highschoolsinger.jp. Já como Kyary Pamyu Pamyu, mas ainda sob a supervisão da Avex Trax lança o single Loveberry e o álbum Kyary Pamyu Pamyu no Ghibli Set, que é uma compilação de várias músicas de trilhas sonoras de filmes do Studio Ghibli que foram usadas para um photshoot da cantora.

Na metade do ano de 2011 a cantora termina seu contrato com a Avex e assina com a Warner Music e em gosto lança o single “PONPONPON”.

“PONPONPON” gerou uma enorme repercussão, com cenários inspirados em elementos da cultura Harakuju, coreografia fácil e o dissimulado refrão repetitivo “PON PON PON WAY WAY…”, a música atingiu novos patamares chegando a ser comentada em um tweet da cantora Katy Perry.

 Após o sucesso estrondoso de “PONPONPON” a cantora ainda lançou mais dois singles: “Tsukema Tsukeru” em Dezembro do ano passodo e “CANDY CANDY” neste ano, que também fizeram muito sucesso.

Sob minha óptica Kyary é uma artista boa, mas incompleta, Seus vocais são fracos e as letras de suas músicas são vazias de significado e repletas de palavras repetidas, ainda assim é praticamente impossível não se pegar cantando um dos hits da cantora após ouvi-los pela primeira vez.

Ainda que tenha muitos pontos negativos Kyary cria um escudo com a enorme criatividade de seus clipes. Cada clipe possui cenários únicos onde Kyary assume os mais diversos papéis e é acompanhada de personagens excentricíssimas. Em “PONPONPON” a cantora se torna uma garota mágica acompanhada de uma estranha garota gorda que dança loucamente, já em “Tsukema Tsukeru” ela se torna a rainha de um império onde diversos leões dançarinos cumprem a função de pajens.

Kyary é assim, louca ,mas fofa é uma daquelas cantoras que você teima em não gostar, mas aquele charme meio fora de órbita de suas musicas te toma de assalto e você acaba se rendendo as repetições dos refrãos e as danças fáceis. Ainda que com algumas reservas recomendo a todos que ouçam Kyary: Duvido que alguém conseguira ficar sem cantar “PONPONPON” depois de ouvi-la.

Outros Vídeos de Kyary:

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s