FIFA x PES: A grande rivalidade atual dos games.

Image

Por Thiago Mattos

 

Não irei frustrar os leitores do nosso glorioso Pacult, ao contrário de Sonic x Mario, onde havia elementos suficientes para optar pelo narigudo ao invés do porco-espinho, o que é possível porque são jogos distintos, com histórias e temas diferentes e conseguimos ver que (cada um dentro de sua finalidade), um jogo involuíu e o outro no mínimo manteve o mesmo nível. FIFA e PES são jogos que tratam do mesmo tema, o futebol, e por terem atingido um nível de excelência em propostas de jogo diferentes, não podemos decidir qual é melhor.

Portanto, a finalidade desse texto é homenagear estes dois games, que são excelentes na abordagem que trazem, FIFA em ser um simulador e PES uma coisa mais lúdica, veloz e empolgante. No entanto podemos dizer que nem sempre foi assim, PES atingiu seu padrão de excelência antes do concorrente, até pelo fato de sua proposta ser mais simples, FIFA conseguiu equiparar a qualidade só em 2008, logo, é sim possível afirmar que até aquele ano, PES era melhor que o FIFA, independentemente dos objetivos que os dois traçavam.

Até 2008, os games FIFA patinavam na intenção de ser um simulador perfeito, e devido a tantas imperfeições no jogo do concorrente, PES conseguia ser melhor para todos os gostos, só ficava a ressalva das licenças e direitos autorais que o rival conseguia muito mais facilmente por motivos óbvios. Ultimamente PES vem passando por uma fase de estabilidade, pouco muda na jogabilidade de uma edição para a outra e a maioria das modificações ficam por conta da inteligência artificial de quem não está com a bola e os gráficos , a essência do jogo em si, nunca mudou.

                FIFA quis ser um jogo a frente do seu tempo e talvez por isso, só conseguiu se equiparar ao PES nessa atual geração de videogames, com o PS 3 e o XBOX 360, até 2007 a impressão que se tinha era de que quanto mais o FIFA tentava aproximar o game do esporte, mais distante eles ficavam, com a engine mais potente dos games da atual geração, os jogos da franquia finalmente conseguiram nadar de braçada no que diz respeito a realidade futebolística, ajuste da potência dos chutes e cabeçadas, inteligência artificial, dificuldades para driblar e corpo a corpo. Finalmente tínhamos um simulador de futebol.

As últimas edições dos dois games apresentaram poucas modificações, parece que a Konami e a Eletronic Arts estão satisfeitas com o padrão que alcançaram e talvez estejam reservando grandes novidades somente para a próxima geração de videogames, em suma, os FIFA e PES 14 ou 15 prometem demais. Por enquanto sou obrigado a concordar com o pensamento que rege as opiniões sobre os dois. “Gosta mais de futebol que videogame, você prefere FIFA, gosta mais de videogame que de futebol, você prefere PES”. De acordo com essa frase, a maioria dos consumidores dessas franquias prefere futebol a videogame, pois as vendas do FIFA vêm abrindo vantagem em relação ao PES. A conclusão que chegamos é a de que o PES vai precisar fazer alguma coisa para relembrar os tempos pré-2008 e reconquistar o mercado. PES fez 1 x 0 no FIFA em 2000, este buscou o empate em 2008 e a tendência é que vire o jogo até 2014, porém, é ingênuo acreditar que a Konami não tenha uma carta na manga para os próximos anos.

Vídeos: Uma comparação do Globo esporte em fevereiro de 2010 e dois vídeos de um debate bem humorado no Game Up da ESPN brasil, comparando os jogos de 2011.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s